Investe no Google e não tem uma landing page, remarketing ou métricas parametrizadas? Algo está errado.

Investe no Google

Dentre as várias plataformas para anunciar produtos e serviços na internet, está o Google Ads. O qual quando um usuário busca por um termo, o Google exibe, na página de resultados, anúncios condizentes com o tema. 


Dessa forma, quando alguém pesquisar por melhores roupas de corrida , o mesmo vai visualizar anúncios de lojas de roupas esportivas. Ou seja, a propaganda é exibida diretamente para o público interessado.


O problema é que vários anunciantes do Google não tem Landing Page, não fazem remarketing ou analisam métricas parametrizadas. E o pior, além de acreditar que estão investindo certo – quando realmente não estão.


Por isso, é importante entender cada funcionalidade e sua importância para investir corretamente no Google Ads.


Vamos conhecer!?


Importância da Landing Page para quem investe no Google

Quando se trata de Landing Page, é importante destacar inicialmente a sua definição. A qual é formatada com conteúdos objetivos e altamente persuasivos.


Contudo com o objetivo de incentivar o usuário a torna-se um cliente, através do preenchimento de um formulário, ligação, venda de produtos, entre outras estratégias necessárias para o seu negócio.


Uma das maiores estratégias dentro do marketing digital é: anunciar Landing Page dentro dos anúncios do Google Ads. Pois os resultados alcançados através dos anúncios, não seriam obtidos organicamente.


Com isso, depois de ter uma Landing Page bem posicionada no Google, principalmente se estiver entre os primeiros resultados de busca, as empresas conseguem atrair mais clientes em potencial, mais contatos (leads) e mais oportunidades de negócios e vendas. Incrível não?


Se você não tem uma Landing Page, você não está anunciando corretamente no Google Ads. Uma vez que, para conseguir bons resultados e expressivos, é essencial ter uma página estratégica para receber seus potenciais clientes.



Remarketing e suas Vantagens

O Remarketing é uma técnica que deve ser implementada sempre que possível, pois ela é de suma importância para quem anuncia no Google Ads. Afinal, ele permite que seus anúncios apareçam mais de uma vez para usuários que tiveram interesse em seu site.


Ao utilizar essa técnica, é notório visualizar a intenção da mesma. Que é gerar impacto mais de uma vez, sobre alguém que se interessou pelo produto.


Dessa forma, a mesma pode ser aplicada através de um pixel instalado na página de destino e o mesmo é responsável por reativar os clientes, com foco na tomada de ação pelos mesmos.


Esta estratégia também pode ser utilizada de diversas formas. Desde um email para lembrar novamente a respeito dos itens que foram colocados ou esquecidos no carrinho de compra, até mesmo um aviso de promoções no site que possam criar desejo na pessoa.


Além disso, seus benefícios são bastante interessantes. Principalmente pelo grande potencial de converter as pessoas que não compraram logo e, com isso, gerar mais vendas e resultados.


Outra possibilidade é utilizar o potencial que o remarketing oferece, para fazer com que o prospecto tenha um contato mais próximo com a marca através de mensagens personalizadas via inbox. Onde o visitante vai relembrar a oferta, ficando cada vez mais “convencido” de que vale a pena comprar.


Métricas Parametrizadas para quem investe no Google

É de suma importância entender as principais métricas e conseguir analisá-las ao decorrer da veiculação dos anúncios no Google Ads, para colher bons resultados, entre elas:


1. Taxa de Cliques

A Taxa de cliques ou CTR  é o resultado da divisão no número de cliques obtidos nos anúncios pelo número de vezes que eles foram mostrados.


Essa métrica tem como objetivo mostrar o desempenho da campanha, bem como dos seus concorrentes. Pois quando o CTR aumenta, você está na frente. Consequentemente quando reduz, algum concorrente conquistou um melhor posicionamento.


2. Custo por Cliques

Custo por Clique ou CPC é outra métrica bastante importante. Uma vez que ela possibilita saber quanto custa converter um prospecto a clicar no seu anúncio, além controlar o orçamento no Google Ads.


3. Taxa de Impressões

A taxa de impressões é encontrada dividindo o número de vezes que os seus anúncios aparecem pelo número de vezes que as palavras-chave definidas por você são buscadas no Google.


Por meio dela, é possível saber quais anúncios são realmente relevantes para o público segmentado, se as palavras-chave são as melhores opções, se o orçamento está ajustado para a campanha, entre outras funcionalidades.


Nesse sentido, é de suma importância ter as 3 partes essenciais: ter uma landing page, fazer remarketing e analisar métricas. E claro, otimizar os anúncios para conseguir anunciar corretamente e ter grandes resultados.


Quer saber como fazer tudo isso de forma assertiva e com uma empresa experiente?

Fale com um de nossos consultores Google Partners. 

[contact-form-7 id=”595″ title=”Consultoria Grátis (Completo)”]